17 de setembro de 2007

Pensamentos




À deriva, sem rumo.
Perdida.

Com o pensamento em ti.

Mas o sonho desfeito
em mil pedacinhos.


HR

3 comentários:

Anónimo disse...

Eu sou um farol...o teu farol...olha-me e veras o teu/nosso caminho.

IHR

Anónimo disse...

Lindo....
Às vezes até me sinto um Dalai Lama, ao sentir assim o amor, entre os meus semelhantes.
A minha benção

Papaya, Mamaya, Unyanta disse...

saludos.
Una verdadera obra de arte que resulta ser tu blog.

¡¡¡Honor a quien honor merece!!!
me gustaria incluir tu link en mi blog.