13 de setembro de 2007



"Solto em noite de bruma
Meu amor por sobre o mar
Feito sol azul espuma
Barca bela por navegar

E na distância chora
minha alma por te encontrar
solta no vento do tempo
que teima em não chegar

Repetem as ondas teu nome
num lento e doce ecoar
dança que as horas repetem
aos olhos que não te vêem voltar"





Poema- Susana Rosa
Imagem - "night" Sir Edward Jones


3 comentários:

Anónimo disse...

Os meus olhos vao ver-te chegar....

IHR

Calíope disse...

Euterpe,

"que não te vêem voltar", e não 'tem'.
:)
Esta letra, sem música,não me agrada nada . .

Anónimo disse...

Caliope esta letra e linda...mesmo sem musica :o)

IHR