13 de julho de 2007

Pensamentos


A arte pela arte..
O belo pelo belo..
A paixão pelo amor..
A natureza pela natureza..
A vida pela vida.



HR

foto de Rui Alves

8 comentários:

utopia-x-7 disse...

"A arte pela arte..
O belo pelo belo..
A paixão pelo amor..
A natureza pela natureza..
A vida pela vida".
Sintetisaste tudo. E de forma tão absoluta e convincente, que não deixas espaço para o comentário.
Mesmo para os que, ao contrário de mim, não concordarão! Eventualmente...

Anónimo disse...

Tão linda esta foto
Mas concordo contigo,utopia!
So se for o madrigal que afinal tem um blogue,(descobri isso no comentário que fez no blogue da AdAstra que tb é das ilhas)e que é bem bonito e tem coisas interessantes, mas nada tem sobre budismo.
E eu a pensar que depois daquele comentário com direito a história e tudo,ia aprender mais sobre isso. Não precisava ficar tão ofendida por ter perguntado se tinhas inventado aquilo, podia ser uma brincadeira, de qualquer maneira, e embora tenha notado alguma agressividade, gostei da explicação. Valeu! Podias continuar?
Madrigal vou despertar, e vou reflectir na descoberta da verdade, Estás de acordo? Tu e a adastra não me batem mais?

Vox Profundis

Évora à Sombra disse...

Vox profundis...mas que é isso?...
Que quereis aprender comigo que eu não possa aprender convosco?
Budismo será aparentemente a negação do que é aprendido através de cânones institucionalizados. Daí a minha simpatia com tal forma discricionária de encarar as coisas.
Sobre História saberei um pouco mais, mas o que me interessa sobretudo é usufruir destes espaços de imaginação,alguma criatividade e sensualidade.
Continuarei a tentar ser agradável para mim e para quem ler o que digo.
Percebi que alguem disse que eu era insular.
Infelizmente não sou mas um dia irei conhecer o paraíso.

Madrigal

Anónimo disse...

Ai estes comentarios estao cada vez mais confusos.
Madrigal(Évora á sombra), o que eu disse sobre querer aprender coisas e ser das ilhas, não era para ti, mas para Adastra, que fez o favor de dar uma explicação muito convicente sobre o que falavamos do budismo, foi no blogue dela que percebi que era de S.Miguel, alias ta escrito la, é so entrar lá!foi no comentário dos blogues que ela fez uma enorme explicação sobre o que andavamos a discutir na altura.
Percebido?

Anónimo disse...

OK.
Prometo estar mais atento.

Madrigal

Anónimo disse...

Boa coisa seria se em vez de Adastra escrevessem algo do tipo "Ad astra". E nem me vou debruçar sobre isto pois já vi k km de direito já o fez num blog por aí e nem sei se foi neste.

Vox Profundis disse...

Anónimo: Percebemos o toque.
Alias ja tinha visto no blogue da propria Ad astra e já percebi o seu significado. De qualquer forma agradeço a correção.
Ha sempre gente pronta a ensinar

Vox Profundis

justiça disse...

O anónimo do 16 de Julho é a stôra Adastra. Esta prof. sofre de problema grave no acento (releiam todos os seus textos e verão).
Penso que, a classe docente passaria bem sem esta publicidade negativa.
A humildade dos outros intervenientes revela que são pessoas inteligentes, com conhecimentos e, sobretudo, muito generosas.
Tu tmabém és uma generosa e elegante anfitriã.
Um beijo para ti